Protocolo de Segurança dos Empregados



Um dos principais requisitos para prevenção eficaz é o investimento na comunicação sem ruídos entre os trabalhadores, equipe da CIPA ou membro designado, e empregador.

A segurança ocupacional vai muito além do fornecimento dos equipamentos de proteção individual ou coletivo (EPI e EPC).

A segurança e saúde no trabalho não se resumem em elaborar ordens de serviço; identificar riscos de processo e implementar medidas de prevenção nas diversas funções do estabelecimento; avaliar prioridades de ações no meio ambiente de trabalho; fiscalizar o uso dos EPIs e EPCs, realizar os exames ocupacionais e exames complementares. É preciso propagar a qualidade de vida no ambiente de trabalho através da conscientização dos trabalhadores para colocar em prática todos os conhecimentos adquiridos nos treinamentos de segurança e campanhas de saúde promovidos pelo empregador. A comunicação e as ações preventivas devem estar em harmonia. Talvez a comunicação estratégica seja o maior investimento que falta a ser implementado no meio ambiente ocupacional para o êxito da prevenção.

0 visualização